Foragido acusado de homicídio é preso em Morrinhos

470
celio antonio
Célio Antônio Silva

Policiais civis de Morrinhos, coordenados pelo delegado Rilmo Braga, prenderam, no dia 17 de março, o homicida foragido da justiça Célio Antônio Silva, de 50 anos. O Mandado de Prisão é decorrente de um homicídio ocorrido em 1998, cuja vítima foi Aredizon Teixeira, de 55 anos. De acordo com as investigações, o motivo do homicídio foi uma dívida.

Célio teria ido até a casa de Aredizon para cobrar uma dívida de empréstimo, mas Aredizon se negou a pagar. Irritado, Célio disparou três vezes contra a devedor. Ele chegou a ficar preso após o crime, mas obteve benefício de liberdade e fugiu. Segundo o delegado Rilmo Braga, o acusado permaneceu por alguns anos em Minas Gerais. A prisão, no entanto, ocorreu em Morrinhos.