Genarc de Catalão realiza maior apreensão de drogas em 10 anos

714
trio catalão2
Trio buscava drogas em países vizinhos

Policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Catalão, com o apoio de policiais do 1º DP de Catalão e da Polícia Rodoviária Federal realizaram, na madrugada de 14 de novembro, a prisão de Diego Machado Garcia, vulgo “Durrego”, Sérgio Genésio de Lima e Wellington José da Silva, por tráfico internacional de armas e entorpecentes. Eles foram flagrados transportando aproximadamente 150 quilos de drogas, arma e munições.

Segundo o delegado Fernando Souza Maciel, coordenador do Genarc, os três eram investigados há dois meses e foram presos quando retornavam do Paraguai transportando quase 147 quilos de maconha e sete quilos de pasta base de cocaína escama de peixe, conhecida por sua maior pureza e valor comercial, além de arma de fogo e munições.

Diego Machado é considerado um dos maiores fornecedores de entorpecentes de Catalão e, ao lado de Sérgio e Wellington, viajava rotineiramente para buscar drogas no Paraguai ou na Bolívia. O delegado aponta que esta é a maior apreensão de drogas dos últimos 10 anos realizada na cidade, e que o prejuízo do trio ultrapassa os R$ 300 mil reais.