GENARC de Goianésia prende trio suspeito de tráfico no médio norte goiano

509
trio goianesia2
Carlim, Cris e Manaquebra

Três equipes do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Goianésia realizaram, no dia 6 de fevereiro, operações de combate ao tráfico de drogas em Uruana, no Vale do São Patrício, e em Uruaçu, no médio norte goiano. Logo no início dos trabalhos, os policiais fizeram um bloqueio na rodovia GO-230, no trevo que dá aceso ao distrito de Uruceres, município de Uruana, e interceptaram um VW/Golf.

O carro era conduzido por Marcos Henrique Gabriel, conhecido por Marquinhos Manaquebra, de 32 anos, que estava em companhia de Christopher Xavier Ramalho, o Cris, de 35 anos. Embaixo do banco do condutor foram encontradas e apreendidas várias porções de crack, com peso aproximado de 175 gramas.

Como Marquinho Manaquebra já investigado pelo GENARC de Goianésia há dois anos, as equipes se deslocaram até a cidade de Uruaçu para dar sequência à operação. Os policias, então, realizaram buscas simultâneas nas residências dos dois suspeitos. Na casa de Manaquebra, foram encontrados e apreendidos mais um quilo de crack, 100 gramas de cocaína e uma balança de precisão digital.

Na residência de Christopher, na Vila Dourada, foram encontrados e apreendidos 11 tabletes de maconha, pesando aproximadamente 10 quilos, e uma balança de precisão. Em seguida, as equipes do GENARC se deslocaram até a residência de Carlos Gomes da Silva, o Carlim, de 32 anos, apontado como outro comparsa de Marquinho Manaquebra. No local, foram apreendidos mais 250 gramas de cocaína, 400 gramas de maconha e uma balança de precisão digital.