GENARC prende mais um traficante em Luziânia

377
bruno albuquerque
Bruno Albuquerque de Lima

Policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Luziânia, sob a coordenação da delegada Caroline Matos, prenderam em flagrante, no dia 22 de junho de 2015, Bruno Albuquerque de Lima, de 27 anos, pelo crime de tráfico de drogas. Foram apreendidas diversas porções de droga na residência dele, situada no bairro Sion, naquele município.

O suspeito foi abordado pelos policiais, em um veículo VW/GOL, de cor cinza, na companhia de dois homens. De acordo com uma denúncia anônima, nesse carro, ele estaria fazendo o transporte de drogas. Entretanto, foram encontradas no veículo apenas duas porções de cocaína. Um dos homens que estavam no carro, Joelson da Silva Souza, assumiu a propriedade da droga, afirmando ser usuário. Ele foi levado para a delegacia e liberado em seguida.

Dando continuidade às diligências, os policiais se dirigiram à residência de Bruno. O suspeito franqueou a entrada dos policiais, alegando que nada de ilícito seria encontrado. Todavia, durante as buscas, foram encontradas várias porções de maconha, em tamanhos e pesos variados e algumas porções de cocaína, além de uma balança de precisão.

Todo o material encontrado foi apreendido na Delegacia, para onde Bruno também foi levado e autuado em flagrante por tráfico de drogas. Interrogado, ele confessou que comprou a droga apreendida em Ceilândia/DF, para vender em Luziânia. Esta é a segunda vez que Bruno é detido pelo GENARC por suspeita de envolvimento no tráfico de drogas. Na ocasião anterior, ele portava uma pequena quantidade de entorpecente e alegou ser para próprio consumo.