Gepatri de Itumbiara prende suspeito de assalto a comércio

288
elyesnai
Elyesnai Marques

Policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Itumbiara, coordenados pelo delegado Lucas Finholdt, cumpriram, no dia 16 de fevereiro, após um mês de investigação, mandado de prisão preventiva em desfavor de Elyesnai Marques Soares, de 18 anos de idade, em razão da prática de roubo de qualificado, ocorrido em uma lanchonete, localizada na Praça São Sebastião, no Centro de Itumbiara.

De acordo com as investigações, o crime aconteceu no início da madrugada do dia 10 de janeiro de 2016, oportunidade em que Elyesnai, portando uma arma de fogo, abordou a vítima para subtrair o dinheiro do comércio. Não obstante, o investigado desferiu coronhadas de revólver na vítima e efetuou um disparo no chão durante a fuga.

O investigado foi interrogado e negou ter cometido o delito. Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva, o indiciado foi recolhido no Presídio Regional de Sarandi, local em que aguardará o julgamento pelo Poder Judiciário. Na hipótese de condenação pelo crime de roubo qualificado pelo concurso de pessoas, a pena pode chegar a 15 anos de reclusão.