Gepatri prende suspeito de roubos foragido da Papuda

327

luciano papudaOs policiais civis Ysack, Alex, Bruna, Paulo Henrique, Tadeu e André, coordenados pelo delegado Daniel Marcelino, lotados no Grupo Especial de Repressão a Crimes contra o Patrimônio (Gepatri) de Luziânia, cumpriram, no dia 20 de setembro, mandado de “prisão preventiva”, oriundo da Vara de Execuções Penais do DF, em desfavor de Luciano Ribeiro da Costa.

Luciano é foragido desde 2013 da “Penitenciária da Papuda”, localizada em Brasília/DF, tendo fugido quando recebeu o benefício do “saidão” de Dia das Crianças. Ele estava escondido na cidade de Luziânia. O mandado de prisão foi cumprido pela PC-GO e Luciano encaminhado para o sistema Prisional de Brasília-DF. Ele cumprirá pena pela prática de vários crimes de roubo, os quais foram praticados no Distrito Federal.