GIH de Águas Lindas esclarece homicídio de vítima ignorada

902
tiago santos
Tiago dos Santos Monteiro

O Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Águas Lindas esclareceu em tempo recorde um homicídio doloso qualificado ocorrido no dia 22 de agosto, no bairro Mansões Village, que vitimou um homem não identificado, com idade aproximada de 19 anos. Pelo homicídio, foram indiciados Tiago dos Santos Monteiro e Lucas Faria dos Santos.

No mesmo dia do delito, após diligências no local do fato, chegou-se à suspeita de envolvimento de uma primeira investigada, Nayara, que foi presa em flagrante. Três dias depois, com a investigação já bem instruída, obteve-se conhecimento do envolvimento de mais três pessoas, as quais tiveram prisão decretada, sendo Tiago, Lucas e Julianna Alves da Silva, presos no dia 25 de agosto.

Ao final das investigações, restou concluso que Tiago e Lucas foram os coautores do crime, os quais tiveram prisão mantida. Segundo inquérito, o grupo estava na casa de Nayara, fazendo uso de entorpecentes, quando avistaram um homem subindo no muro da casa vizinha. Tiago e Lucas foram até o rapaz e o espancaram, alegando que não aceitariam furtos na vizinhança. Tiago ainda disparou na perna da vítima, cujo corpo foi abandonado num lote baldio.