GIH de Anápolis prende suspeito de dois homicídios

297

A equipe do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis deu cumprimento, nessa segunda-feira (18), a um mandado de prisão temporária em desfavor Glaicon Vitorino, 29 anos. Ele é apontado como autor do homicídio qualificado praticado contra Pedro Henrique da Silva, vulgo “Neguinho”, 29 anos, ocorrido no dia 19 de janeiro do ano passado, no Setor Calixtolândia.

No dia dos fatos, Pedro se encontrava na localidade conhecida como “pistão”, local onde ele, segundo informações, realizava o comércio de drogas, quando foi surpreendido a tiros por um indivíduo que se aproximou num automóvel. Conforme apurado, Glaicon teria sido o autor dos disparos, já que Pedro o teria flagrado armado combinando a execução de um desafeto e comentado tal fato com algumas pessoas do bairro.

No dia seguinte à morte de Pedro, Fábio V. Silveira foi morto a tiros, crime pelo qual Glaicon fora preso e indiciado. Foi realizado exame de confronto microbalístico pela Polícia Técnico-Cientifica, restando provado que as munições retiradas do corpo de Pedro e do corpo de Fábio saíram da mesma arma. Além da prova pericial incontestável, testemunhas apontam Glaicon como autor de ambos os crimes.

Glaicon, que já ostenta passagens policiais por crimes de roubo, homicídio e receptação, se encontra recolhido no presídio local, à disposição da Justiça.