GIH de Aparecida apresenta estatísticas de produtividade de 2016

336
anderson-pimentel
Anderson Pimentel

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia apresentou, nesta segunda-feira (13), as estatísticas de produtividade referentes aos cinco primeiros meses de 2016. De acordo com o delegado Anderson Pimentel, titular da especializada, 75% dos inquéritos instaurados foram remetidos ao Poder Judiciário nos meses de fevereiro e abril, os maiores índices registrados no ano. Na média geral, o índice de elucidação dos inquéritos de homicídio instaurados em 2016 foi de 59%, muito superior à média brasileira, que é de 6,5%.

O balanço revela que o mês de janeiro foi o mais violento no município, com 34 inquéritos instaurados. Desses, 17 foram remetidos ao Judiciário, o que representa 50% de elucidação. No mês de fevereiro, foram 24 instaurados, com 18 remetidos. Em março, foram 21 instaurados e 5 remetidos, sendo este o mês menos produtivo, com 25% de elucidação. Nos meses de abril e maio, os índices de elucidação foram de 75% e 70%, respectivamente.