GIH de Luziânia cumpre mandados em desfavor de condenado por roubo

330

renato andradePoliciais civis do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Luziânia, coordenados pelo delegado Maurício Passerini, cumpriram, no dia 27 de setembro, dois mandados de prisão expedidos em desfavor de Renato Andrade Costa, que já estava preso pela prática de crime de roubo. Em consulta aos sistemas informatizados, os agentes do GIH constataram que existiam mais dois mandados de prisão em aberto contra Renato. O primeiro, em decorrência de condenação a 29 de reclusão, pela prática de roubo majorado. O segundo, de prisão preventiva, em razão de investigação pela prática de crime de roubo majorado.