GIH de Luziânia cumpre mandados em desfavor de suspeitos de homicídios

564

miqueiasA Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, cumpriu, no dia 4 de agosto, dois mandados de prisão expedidos em desfavor de suspeitos de homicídios qualificados, ocorridos no município. Miqueias Meireles de Oliveira e Samuel dos Santos da Silva já estavam presos e, após cumprimento das medidas, devem permanecer mais tempo na cadeia.

Segundo o delegado Maurício Passerini, responsável pelos casos, Miqueias é o principal suspeito pelos disparos de arma de fogo que mataram Igor Ferreira de Matos, em dezembro de 2015, no Setor Fumal, em Luziânia. O outro investigado, Samuel dos Santos, figura como partícipe do crime de homicídio qualificado, ocorrido em janeiro do corrente ano, contra a vítima Josué Morais da Silva, morto também por disparos de arma de fogo.

O delegado Maurício lembra que o crime perpetrado contra Josué chocou os familiares e moradores do bairro Luzília Parque, em Luziânia, tendo em vista que a vítima, um jovem de 15 anos, não ostentava passagens pela polícia, não possuía inimigos e fazia parte da banda da igreja. A Polícia Civil ainda realiza diligências para responsabilizar e prender outros dois envolvidos na grave infração penal.