GIH de Novo Gama prende três acusados de tentativa de homicídio

499
trio novo gama
Wylaks Lopes, André Ribeiro e José Raimundo

Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Novo Gama prenderam, no dia 29 de maio de 2015, Wylaks Lopes de Sousa, de 19 anos; José Raimundo Lopes Teixeira, de 47 anos; e André Ribeiro de Sousa, de 29 anos, todos em cumprimento a mandados de prisão temporária. Eles são investigados pelo crime de homicídio qualificado, na forma tentada, praticado contra a vítima Rosiel Rodrigues da Silva, ocorrido em 22 de novembro de 2014, no bairro Lunabel, naquele município.

No dia dos fatos, a vítima assistia a um culto religioso quando os investigados chegaram ao local. Wylaks chamou Rosiel para conversar do lado de fora da igreja. Iniciou-se uma discussão e ambos entraram em luta corporal. José Raimundo, pai de Wylaks, passou também a agredir a vítima com socos e pontapés, momento em que André, tio de Wylaks, sacou uma arma de fogo e efetuou disparos contra Rosiel, acertando-o nas costas. Aproveitando que a vítima desmaiou, José Raimundo deu vários chutes em sua cabeça, antes do trio fugir.

De acordo com as investigações, a motivação do crime teria sido pelo fato de a vítima ter registrado um Boletim de Ocorrência pelo crime de estupro contra sua enteada, praticado por Wylaks. Na ocasião, ambos faziam parte da mesma igreja, quando tiveram o relacionamento amoroso, na residência da garota. Além do delegado Maurício Rocha Passerini, participaram da operação os policiais civis Rodrigo Lossio, Brunna Heldyane, Mauro Pessanha, Eduardo Bastos, Glaucimar e Filipe Nogueira.