Investigado por homicídios é preso pelo GIH de Luziânia

347
Dilmar Teles Nunes Junior
Dilmar Teles Nunes Júnior

Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia cumpriram, no dia 19 de março de 2015, mandados de prisão temporária em desfavor de Dilmar Teles Nunes Júnior, de 33 anos, pelo crime de homicídio qualificado contra as vítimas Alexandre de Oliveira e Alan Hebert da Silva Matias, fato ocorrido nos dias 20 e 21 de outubro de 2014, naquele município.

De acordo com as investigações, a motivação dos crimes teria sido acerto de contas em decorrência do tráfico de drogas. Os envolvidos já haviam sido  autuados pela prática de vários crimes, entre os quais estão roubo, receptação e porte ilegal de arma de fogo, além de tráfico de drogas.