Jataí: Preso estelionatário que se passava por policial civil

301

IMG-20160513-WA0069Na manhã desta sexta-feira (13/05) policiais civis de Jataí prenderam Juliano Cézar de Oliveira, de 37 anos, pelo crime de estelionato. Ele se passava por policial civil e procurava comerciantes, empresários e profissionais liberais pedindo contribuições em dinheiro para ajudar a Polícia Civil e entidades sindicais que representam os servidores da instituição.

O delegado Marcos Rogério Guerini explica que o golpista solicitava a ajuda em troca de espaço publicitário em uma revista, mas o dinheiro obtido para “ajudar” a Polícia acabava sendo embolsado pela editora que produzia o periódico. “O Juliano ainda exibia às vítimas um documento falso como se pertencesse à Ugopoci [União Goiana dos Policiais Civis], tudo para induzí-las em erro”, comentou.

Algumas vítimas já ouvidas na Delegacia informaram que deram dinheiro ao preso imaginando estar colaborando com a Polícia Civil. O delegado destacou que também foram apreendidos recibos e adesivos com os brasões das polícias Civil e Militar.