Menor suspeito de homicídio é apreendido pelo GIH de Luziânia

389

MCAOs policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, cumpriram, no dia 16 de dezembro, Mandado de Internação Provisória contra o menor M.C.A, de 15 anos, suspeito de ter participado do homicídio triplamente qualificado contra a vítima José Serejo Pinto. Após aprofundamento das investigações, M.C.A foi enquadrado como coautor do delito. Ele era o último dos envolvidos no crime que restava solto.

O homicídio, cuja motivação teria sido um acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas, ocorreu no dia 25 de outubro de 2014, na BR 040. O caso, investigado pelo delegado Fernando Gili e por sua equipe de agentes e escrivães, teve ampla repercussão na mídia, pelo requinte de crueldade. Os suspeitos mataram a vítima, mediante severa tortura, a golpes de faca e pedradas.

Os demais suspeitos do crime que já haviam sido presos são Douglas Santana das Dores, de 26 anos, Enilton Sérgio Miranda de Assis, de 34 anos, Moisés Souza Santos, de 25 anos, e o menor G.C.D, 15 anos. O delegado regional Rodrigo Mendes elogiou toda a equipe policial pelo excelente trabalho na conclusão desse caso.