Menores acusados de homicídio são apreendidos por Depai de Jataí

361
elizeu_vitima de homicidio
Elizeu Moreira

Policiais Civis da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Jataí apreenderam quatro adolescentes suspeitos de envolvimento no crime/ato infracional de homicídio de Elizeu Moreira Carvalho de Souza, de 36 anos, morto a pedradas. O crime ocorreu na madrugada de 31 de janeiro de 2016, no Setor Jacutinga, nesta cidade de Jataí.

Após tomar conhecimento do fato e diante das informações de que adolescentes haviam participado do ato infracional, os policiais da Depai iniciaram diligências, conseguindo identificar todos os envolvidos.

Feita a identificação, a Polícia Civil representou pela internação provisória dos adolescentes, medida que foi decretada pelo Poder Judiciário após parecer favorável do Ministério Público. Expedidos os mandados, os policiais civis da Depai realizaram diversas diligências e apreenderam os quatro adolescentes suspeitos, L.P.C., de 17 anos; P.A.S., de 15 anos; V.M.L., de 15 anos; e V.R.F.S., de 15 anos.

Em depoimento, os adolescentes disseram estavam em uma confraternização e que um deles começou a discutir com Elizeu. De acordo com o titular da Depai, delegado Agnaldo Coelho, a vítima tentou correr, mas foi alcançada pelos menores. Após matarem o homem, eles roubaram o dinheiro que ele levava na carteira, cerca de R$ 300 e dividiram entre si.

Após a apreensão dos adolescentes e comunicação ao Poder Judiciário, foi feita a solicitação de vagas para internação, as quais foram concedidas. Três dos adolescentes foram encaminhados para o Centro de Internação Provisória de Goiânia e um foi levado ao Centro de Internação de Adolescentes de Formosa/GO. Todos permanecerão internados provisoriamente por um período de 45 dias até que seja proferida decisão definitiva.