Operação Carpa Vermelha: Genarc de Goiás prende traficantes suspeitos de homicídios

1513
goias montagem
Presos na operação Carpa Vermelha

Presos por tráfico são suspeitos de homicídios – Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) da cidade de Goiás, realizou no dia 9 de junho a operação denominada “Carpa Vermelha”, que culminou com a prisão de quatro suspeitos de tráfico, sendo dois deles apontados como autores de homicídios.

Segundo o delegado Rodrigo do Carmo Godinho, responsável pela ação, as investigações duraram cerca de quatro meses. Os presos Higor Alves Rodrigues, de 18 anos, conhecido como “Lebrim”, Alexsandro Sousa Arrais, de 18 anos, vulgo “Harry Potter” e Luiz Fernando Assis, vulgo “Capanga”, de 24 anos, são considerados de alta periculosidade e já possuíam um histórico de crimes na cidade de Goiás.

Luiz Fernando é apontado como provável mandante do homicídio de Kallaram Coelho Camargo, também suspeito de tráfico, ocorrido no dia 29 de março, na conhecida Praça do Coreto. O crime teria relação com a disputa por pontos de tráfico.

Na mesma operação, foi preso em flagrante, por policiais da delegacia municipal de Mozarlândia, Jonathan Pereira Felix, o “Carne Seca”, de 21 anos, suspeito da prática de homicídio contra Dione Ferreira e da tentativa de homicídio contra João Vitor, no fim de semana anterior à prisão.

Além do GENARC, a operação contou com a participação de agentes da delegacia da cidade, que apreenderam cinco quilos de maconha, oito papéis de LSD, uma carabina, além de balança de precisão, uma moto, dinheiro falso, eletro-eletrônicos roubados e dinheiro em espécie.