Operação da Deam de Caldas Novas prende autores de duplo homicídio

523

deam caldas novasA Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam) de Caldas Novas, deflagrou, no dia 22 de abril, a Operação denominada “Rainha do Beco”. Na ocasião, 60 policiais civis e militares das cidades de Caldas Novas, Morrinhos, Itumbiara e Piracanjuba cumpriram oito Mandados de Busca e Apreensão Domiciliares e três Mandados de Prisão, expedidos pela justiça de Caldas Novas.

As investigações que embasaram a operação foram coordenadas pela delegada Sabrina Leles, titular da Deam, visando esclarecer a autoria dos homicídios de Vânia Cristiane Ferreira de Souza e Patrícia Lima Vieira, ocorridos em 15 de fevereiro do corrente ano, em um movimentado bar no Setor São José, em Caldas Novas.

De acordo com as investigações, o autor do duplo homicídio é Bruno Barbosa de Lima, conhecido como “Bruninho do São José”. No dia do crime, ele chegou na garupa de uma motocicleta e desferiu diversos tiros contra as vítimas, que morreram no local. As diligências foram intensas, sendo possível constatar não somente a autoria dos homicídios, mas também a prática do tráfico ilícito de entorpecentes, que seria o principal motivo dos homicídios.

Segundo a delegada, em um local denominado “beco”, localizado no mesmo setor dos homicídios, ocorria grande movimentação e mercância de entorpecentes. A disputa por aquele ponto de venda de drogas teria levado Bruno a matar as vítimas. As mulheres que traficavam drogas no local se auto denominavam “rainhas do beco”, por isso, o nome da operação. deam caldas novas2

A Polícia Civil representou junto ao Poder Judiciário e ao Ministério Público pela expedição de Mandados de Busca e Apreensão Domiciliares e também pelas prisões de Bruno Barbosa de Lima, Rosana Barbosa e Alessandra Aparecida da Silva, consideradas cúmplices no cometimento dos homicídios. Em resultado às buscas domiciliares, foram presas sete pessoas, em desfavor das quais foram lavrados flagrantes por posse de arma de fogo e tráfico de drogas.