Operação em Luziânia apreende máquinas caça-níqueis e munições

378

FRANCISCO CLEMENTINO DA SILVAOs policiais civis Wiliam Ribeiro e Rodrigo Sousa, coordenados pela delegada Caroline Matos, lotados na 2ª Delegacia Distrital de Polícia de Luziânia, em batidão destinado à repressão ao jogo de azar, realizado no dia 24 de agosto, apreenderam cinco máquinas caça-níqueis em dois estabelecimentos comerciais, “Bar do Tosa” e bar do “Zé Iris”, ambos situados no bairro Cidade Osfaya, em Luziânia.

Francisco Clementino da Silva (foto), proprietário do Bar do Tosa, além de ser autuado pela contravenção penal de jogo de azar, também foi preso em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo/munição e venda de substância que causa dependência a pessoa menor de 18 anos. No bar dele, além das duas máquinas caça-níqueis apreendidas, foram localizadas 18 munições calibre 38, intactas. Neste local, a delegada Caroline e sua equipe também flagraram a venda de cigarros para um menor de idade.

No bar do Zé Iris, os policiais apreenderam três máquinas caça-níqueis. O proprietário J.I.M. foi conduzido à delegacia, onde foi autuado pela contravenção penal de jogo de azar. Ele assumiu a propriedade das três máquinas caça-níqueis apreendidas no estabelecimento comercial.