Polícia Civil apreende medicamentos vencidos em farmácia de Itumbiara

495
gerovital
Medicamente era vendido em caixas e cartelas

Policiais civis de Itumbiara, coordenados pelo delegado regional Ricardo Chueire, realizaram, no dia 21 de janeiro, uma operação conjunta com a Vigilância Sanitária, a fim de verificar irregularidades na venda de medicamentos de uma grande rede farmacêutica da cidade. Em uma loja localizada na Avenida Santos Dumont, foram apreendidos centenas de blisters e caixas de um famoso e caro medicamento polivitamínico.

De acordo com o delegado, o material apreendido estava com a validade vencida desde novembro de 2014 e já deveria ter sido descartado. Segundo Chueire, a data de validade impressa nas caixas armazenadas foi removida, provavelmente com solvente. No caso dos blisters, cartelas vendidas separadamente, a data em alto relevo foi cortada com tesoura.

Na oportunidade, foi apreendida ainda uma relação com os nomes dos vendedores e os medicamentos por eles vendidos, o que comprova a venda dos produtos ao público, mediante uma promoção lançada pelo dono do estabelecimento. A farmácia operava ainda sem farmacêutico responsável e, por isso, foi interditada pela Vigilância Sanitária.