Polícia Civil apreende sacos de sal para bovinos com suspeita de adulteração

438

2017-02-22-PHOTO-00002175A Polícia Civil de Uruaçu apreendeu na última terça-feira (21/02) um caminhão com 127 sacos de suplemento mineral para bovinos, prontos para serem comercializados, após denúncia anônima de que o produto era adulterado. Na ocasião da apreensão o motorista do caminhão não trazia a nota fiscal do produto nem mesmo qualquer outro documento que comprovasse a origem lícita do sal.

Na quarta-feira (22/02), durante o expediente, os policiais civis realizaram diligências até localizaram, na cidade de Goiânia, o fabricante original do produto, cuja marca estava estampada nas embalagens do sal, o qual afirmou que não vende sua mercadoria na região de Uruaçu. “O fabricante alertou que provavelmente o suplemento apreendido é mesmo adulterado, razão pela qual ficou de enviar a Polícia Civil uma amostra do produto original, a fim de que seja viabilizada a realização pela Polícia Técnico Científica da perícia do que foi apreendido e a devida comparação com o verdadeiro”, explicou o delegado Cássio Arantes do Nascimento.

Na tarde de quarta-feira um homem suspeito de adulterar o produto (que terá sua identidade preservada para não prejudicar as investigações) se apresentou e foi interrogado na Delegacia de Polícia, onde foi instaurado o procedimento policial para apuração total dos fatos.