Polícia Civil conclui investigação de injúria racial em Jataí

408
Delegado Caio Martinês
Delegado Caio Martinês

A Polícia Civil concluiu na última terça-feira (17/11) uma investigação referente a um caso de injúria racial ocorrido no mês passado na cidade de Jataí. Na ocasião, as vítimas Tainara de Jesus e Jefferson Henrique Santos Costa participavam de um concurso de beleza e foram atacados em comentários veiculados em redes sociais.

Responsável pelas investigações, o Delegado Caio Martinês informou que as duas pessoas que ainda precisavam ser interrogadas nos autos do Inquérito Policial residiam em Ourinhos (SP) e foram ouvidas por meio de carta precatória. “Uma das investigadas disse que chamou as vítimas de ‘macaco’ por brincadeira e a outra admitiu ter dito ‘que não gosta mesmo de preto’ e que ‘preto e pobre só dá desgosto’, mas não quis entrar em detalhes sobre a motivação de suas declarações”.

Ainda de acordo com o Delegado, os suspeitos serão indiciados pelo crime de injúria racial, previsto no artigo 140, § 3º do Código Penal, que prevê pena privativa de liberdade de um a três anos de reclusão.