Polícia Civil cumpre mandados de busca e de prisão em Valparaíso e Luziânia

524

gaios 2Em diligências relacionadas à operação GAIOS II, realizadas no dia 25 de fevereiro, policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Luziânia e Valparaíso, da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Luziânia e da 1ª e 2ª Delegacia de Polícia de Luziânia, desencadearam operação conjunta visando desarticular quadrilhas que atuam nos citados municípios. De acordo com as investigações da Polícia Civil, essas quadrilhas são rivais e cometem crimes de homicídios, tráfico de drogas e roubo de veículos.

Com o um efetivo de 22 policiais civis, distribuídos em oito viaturas, foram cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão. Robson Fonseca Teles foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Em sua casa, no Setor Sul II, bairro vizinho do Setor Fumal, em Luziânia. Robson tentou fugir, mas foi rendido por um policial civil que se encontrava nos fundos da residência. Os policiais civis encontraram um revólver, calibre 38, com numeração raspada, dentro de um saco de açúcar, na cozinha da casa dele.

Várias abordagens em indivíduos suspeitos foram feitas nos municípios de Valparaíso e Luziânia pelos policiais civis. As operações foram coordenadas pelos delegados Eduardo Gomes e Rafael Abrão.