Polícia Civil de Jataí elucida crime de roubo à mão armada

402
Polícia Civil de Jataí elucida crime do roubo à mão armada
Carro usado na ação

A Polícia Civil de Jataí, através do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) e Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc), elucidou um crime de roubo cometido no dia 10 de janeiro de 2016. Segundo as investigações, o jovem de classe média alta, Ides Junior Souza de Queiroz, agindo em conluio com outro sujeito, abordou três vítimas na Praça da Bíblia.

Mediante grave ameaça exercida com o emprego de arma de fogo, a dupla subtraiu das vítimas os aparelhos celulares, óculos, dinheiro e documentação pessoal. Após consumar o crime, ainda agiu com violência, chutando uma das vítimas. Em seguida, afastou-se do local e efetuou um disparo de arma de fogo para o alto. Ides e o carro utilizado por ele na ação delituosa foram reconhecidos por todas as vítimas.

No dia 26 de fevereiro, durante busca domiciliar realizada na casa do suspeito, foram encontradas, ainda, uma munição intacta do calibre. 38 e outra de calibre. 32, além de diversas cápsulas deflagradas. O autor será indiciado pela prática dos crimes de roubo majorado, pelo concurso de pessoas e emprego de arma de fogo, além de disparo de arma de fogo em via pública e posse irregular de munição.