Polícia prende golpistas que compravam com cartões de terceiros

421
João Batista chegou a oferecer propina aos policiais.
João Batista ofereceu propina aos policiais.

Duas pessoas foram presas na sexta-feira (13/11) por policiais civis da 18ª DDP de Goiânia suspeitas de participarem de um esquema de golpes com cartões de crédito. De acordo com o Delegado Elton Diogo Fonseca, o casal João Batista Barbosa e Laila Roberta Mendes Cunha foi detido no momento em que tentava buscar uma encomenda avaliada em R$ 15 mil em uma fábrica de calçados no Residencial Primavera. “Eles compravam produtos com dados de cartões de terceiros, recebiam a mercadoria e depois cancelavam a compra junto à operadora”, explicou Fonseca.

No momento da prisão João Batista apresentou documento falso e chegou a oferecer R$ 5 mil aos agentes para que não fosse autuado. A proposta criminosa foi gravada pelos policiais e João Batista responderá também por corrupção ativa. De acordo com o Delegado, nos celulares apreendidos com a dupla foram encontradas imagens de documentos de várias pessoas, além de dados de diversos cartões de crédito: “Há indícios de que eles aplicavam esse golpe em Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Goiás. As investigações seguem para que possamos identificar outras pessoas que fazem parte do grupo”, concluiu.