Policiais civis de Luziânia prendem suspeito de efetuar disparo de arma de fogo

380
davi pereira
Davi Pereira de Souza

Policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia de Luziânia prenderam em flagrante, no dia 22 de setembro de 2015, Davi Pereira de Souza, 23 anos, pelo crime de disparo de arma de fogo. O autuado já havia sido condenado pelo crime de roubo circunstanciado, mediante emprego de arma de fogo, e cumpria pena por esse crime em regime aberto.

Destaca-se ainda que Davi é investigado como principal suspeito pela tentativa de homicídio contra Fernando Luís Carvalho e Silva, de 22 anos, atual companheiro de sua ex-mulher, que ficou paraplégico em decorrência dos disparos de arma de fogo perpetrados por Davi, em abril de 2015.

Os policiais localizaram o suspeito próximo à residência da mãe dele, no bairro Jardim Ingá, em Luziânia. De acordo com informações da ex-companheira do suspeito, Davi teria ido à residência dela, novamente à procura de seu atual companheiro, com a intenção de matá-lo. Ao ser informado pelos vizinhos que Fernando não se encontrava na casa, o suspeito teria efetuado um disparo de arma de fogo para cima, evadindo-se do local em seguida.