Preso, em Cabeceiras, traficante que usava diferentes identidades

40

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Subdelegacia de Cabeceiras, deflagrou, no último dia 15, a operação Triplo X, que visa reprimir o tráfico de drogas no município, e cumpriu seu último mandado neste último domingo (19).

Após diligências investigativas, a autoridade policial representou ao juízo que deferiu quatro ordens, sendo três mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva.

As equipes lograram êxito em cumprir, naquela data, as ordens de buscas, mas a execução da ordem de prisão não foi possível. Então, no início da noite de domingo, após ações de inteligência policial, foi possível executar a ordem de prisão em desfavor do investigado.

O preso, conhecido traficante na cidade de Cabeceiras, além de ser investigado por delitos relacionados ao tráfico de drogas, responde a delitos relacionados à violência doméstica e familiar contra à mulher e crimes de trânsito. Ele foi submetido à identificação criminal, nos termos legais, pois há informação de que ele utilizava três diferentes nomes, sendo um deles de um de seus irmãos.

Após a prisão, o conduzido foi interrogado e encaminhado à Cadeia Pública de Formosa, onde ficará à disposição do juízo competente. Participaram da operação dez policiais civis da regional da 11ª DRP/Formosa.