Preso homem que matou esposa a tiros de espingarda em Pontalina

462
fabio junior
Fábio Júnior Rodrigues Vieira

Policiais civis de Pontalina e Morrinhos prenderam, no dia 24 de fevereiro, Fábio Júnior Rodrigues Vieira, de 29 anos, por cumprimento de mandado de prisão preventiva por crime de homicídio qualificado e tentativa de homicídio. Em 17 de fevereiro, Fábio matou a esposa a tiros e tentou matar a própria avó e um amigo, após se enfurecer por conta de mudanças realizadas no manejo de gado em sua propriedade rural.

De acordo com as investigações, Lirian Gonçalves da Cunha, de 33 anos, esposa de Fábio morreu ajoelhada, implorando pela vida. O marido teria ficado enfurecido ao chegar na fazenda e constatar que seus familiares haviam mudado o gado de pasto. O homem, então, pegou uma espingarda e saiu atirando contra os que se encontravam no local.

Após matar Lirian, Fábio Júnior atirou duas vezes contra sua avó, de 80 anos de idade. No entanto, a espingarda falhou. Na sequência, ele ainda tentou matar um amigo que o acompanhava, mas os disparos não o atingiram. Após o crime, Fábio se engrenhou na mata, levando a espingarda e um facão, causando preocupação nos vizinhos da propriedade.

Diante dos fatos, a Polícia Civil representou ao Poder Judiciário pela prisão preventiva dele, pedido acolhido pelo Poder Judiciário. Fábio foi preso e recolhido Agência Prisional de Pontalina. O crime de homicídio qualificado prevê pena de reclusão de doze a trinta anos de prisão.