Preso padrasto que abusava da enteada em Aragarças

387

Em continuidade à Operação Mandamus, a equipe da Polícia Civil de Aragarças cumpre mandado de prisão em desfavor de R.S.B, 22 anos, acusado de manter relações sexuais com sua enteada de apenas 11 anos.

O delegado Ricardo Galvão declarou que após apuração dos fatos pela equipe de Polícia Civil, o suspeito aproveitava-se da ausência de sua companheira quando ela saía para trabalhar e mantinha as relações.

Ao desconfiar dos ciúmes demonstrados pelo suspeito, em relação a sua enteada, a mãe da vítima voltou mais cedo do trabalho surpreendendo o autor beijando a criança.

O laudo médico constou que a vítima foi abusada pelo menos cinco vezes antes da denúncia. Galvão afirmou ainda que o suspeito confessou a prática do crime declarando que as relações foram consentidas.

Apesar do suposto consentimento, a conduta de R.S.B configura estupro de vulnerável em razão da idade da vítima, declarou o delegado.