Servidor da Sefaz é preso por exigir dinheiro de empresário em Rio Verde

354

brasãoUm funcionário administrativo da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), que se passava por um fiscal, foi preso em Rio Verde, na última quinta-feira (12), por policiais da 8ª Delegacia Regional de Polícia. José Humberto de Almeida Manzi estava cobrando dinheiro de um empresário para não fiscalizar estabelecimentos comerciais de um camelódromo.

De acordo com as investigações, o primeiro contato de José Humberto com a empresário ocorreu na dois dias antes da prisão, quando ele apresentou um documento que exigia a fiscalização. A partir desse contato, ele falou com o empresário outras vezes através do whatzapp.

Os textos das conversas foram, então, entregues à Polícia Civil. Antes da prisão, porém, a vítima também comunicou toda a situação ao Ministério Público. A tentativa de negociação foi filmada, sendo que José Humberto recebeu voz de prisão enquanto ainda estava reunido com o empresário. José Humberto foi autuado pelo crime de concussão e encaminhado para a Casa de prisão Provisória.