Suspeito de furto em casa de policial assassinado é preso em Bom Jesus

443

silas de talA Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia de Bom Jesus, prendeu, no dia 21 de julho, Silas Francisco da Silva (foto), 38 anos, suspeito de furtar objetos na casa de um policial morto há dois anos, naquele município. De acordo com o delegado Vicente de Paulo, Silas adentrou na casa do policial quando o imóvel já não estava mais isolado para procedimentos de local de crime.

Silas, que vinha sendo monitorado, foi preso em flagrante, justamente quando cometeu crime semelhante àquele ocorrido em 2015. Policiais civis perceberam a atitude suspeita do rapaz e flagraram o momento que ele pulou o muro de uma residência, trazendo consigo objetos como sapato, celular e folhas de cheque.

Diante das evidências de que Silas havia furtado os objetos da casa da vítima de homicídio, o delegado representou pela conversão da prisão em flagrante pela prisão preventiva, a qual foi acatada pelo Poder Judiciário. O delegado ressalta que Silas não participou do homicídio contra o policial, mas se aproveitou do imóvel desocupado para furtar objetos como perfumes, roupas e telefone celular.