Suspeitos de aplicar golpes em bancos são presos em Valparaíso

416
documentos
Documentos encontrados com Janir

Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Valparaíso prenderam em flagrante, no dia 4 de dezembro de 2015, Janir Rodrigues de Almeida, de 65 anos; J.A.F.E., de 38 anos; e J.A.S, de 63 anos. O primeiro foi autuado pelos crimes de estelionato, uso de documento falso e associação criminosa. Os outros dois, apenas pelo crime de associação criminosa.

Após denúncia anônima sobre três homens que estariam tentando fazer empréstimos em bancos de Valparaíso, utilizando-se de documentos falsos, os policiais civis se dirigiram ao local indicado se depararam com os suspeitos em um veículo, nas proximidades do Banco Itaú, naquele município.

Durante a abordagem, os policiais localizaram com Janir Rodrigues várias carteiras de identidade com fotografias semelhantes e nomes diferentes, bem como cartões de crédito e ordem de pagamento. Questionado, ele confessou que fabricava identidades falsas. Os dois comparsas dele permaneceram em silêncio, mas também foram levados para a delegacia e autuados por associação criminosa à prática de estelionato.

De acordo com o delegado Pedro Trajano, responsável pelo caso, os três autuados são suspeitos de estarem associados a outros estelionatários, os quais já haviam sido presos pela Polícia Civil, em julho deste ano. Naquela ocasião, foram apreendidos diversos papéis e documentos que apontam supostas fraudes em contas bancárias. O delegado Pedro afirma, ainda, que eles, há algum tempo, aplicavam golpes na região de Valparaíso e entorno do Distrito Federal.