Suspeitos de morte de policial aposentado são presos em Niquelândia

599
aleixo
Vanilton Aleixo Chaveiro

Policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) e Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Niquelândia, coordenados pelo delegado Cássio Arantes do Nascimento, cumpriram, no dia 25 de janeiro, mandados de prisão expedidos em desfavor de Vanilton Aleixo Chaveiro e seu pai, José Aleixo Chaveiro, ambos suspeitos do assassinato do policial civil aposentado Vergílio Costa, morador de Anápolis, morto em 22 de janeiro, em uma chácara na região conhecida como Quebra Pau, às margens do Lago Serra da Mesa.

Pai e filho receberam voz de prisão ao se apresentarem na sede do Genarc/GIH. De acordo com as investigações, no dia do crime, a dupla chegou ao local acompanhada da vítima para uma pescaria, fato presenciado por testemunhas, cujas oitivas ajudaram a apontar a autoria do homicídio. A representação pela prisão ao Poder Judiciário ocorreu logo após o trabalho doso investigadores.

Em interrogatório, Vanilton confessou o crime, afirmando que seu pai, José Aleixo, não teria envolvimento no fato. Aleixo sustentou a versão de não participação no assassinato. Ambos foram conduzidos ao Centro de Inserção Social (CIS), onde permanecem à disposição da justiça.