Vamos falar de saúde mental?!

256

Nesta entrevista, a psicóloga Aline Resende, da Divisão de Proteção e Saúde do Servidor (DPSS) traz orientações e cuidados em saúde mental aos servidores policiais.

1- Por que é importante cuidar da saúde mental?
O funcionamento psíquico rege todo o organismo. Assim, a desorganização emocional pode acarretar prejuízos cognitivos, fisiológicos e físicos.

2- Quais sinais podem indicar desorganização psicoemocional?
Conflitos intensos e frequentes em um ou mais ambientes (trabalho, lar, entre amigos…), dificuldades com relação ao sono (insônia ou hipersonia), dificuldades alimentares (aumento ou redução do apetite), dores constantes sem explicações físicas para as mesmas (cabeça, estômago, dores musculares, dores no peito, taquicardia, tremores,…), sensação de perda de controle, pensamentos acelerados, falta de prazer nas atividades diárias, choro descontrolado, desesperança generalizada, dentre outros.

 

3- Quais estratégias podem contribuir com a saúde mental?
– Manutenção e ampliação do relacionamento com pessoas significativas. Em tempos de pandemia, é necessário criatividade para satisfação da necessidade humana de se relacionar.
– Evitar excesso de informações focadas nos acontecimentos ruins (coronavírus, impacto na economia, mortes…). Devem ser balanceadas com todos os acontecimentos bons que continuam ocorrendo (boas ações, pessoas idosas superando a doença, profissionais se reinventando).
– Administrar os conflitos com intenção de resolvê-los e não acumulá-los.
– Praticar atividade física diária, tanto pelos benefícios físicos quanto pela liberação de neurotransmissores relacionados às sensações agradáveis.
– Cuidar de uma alimentação saudável, com redução de açúcar e gorduras.
– Priorizar um tempo de sono suficiente para o descanso físico e mental.
– Estabelecer uma rotina que contemple tanto as atividades obrigatórias como aquelas que são prazerosas (ler um livro, ouvir uma música, conversar com amigos, assistir bons filmes, realizar trabalhos manuais, tocar um instrumento etc). Lembre-se de que ficar bem exige atenção e atitudes!